terça-feira, 28 de março de 2017

SILAS MALAFAIA DIZ: NÃO SOU HEREGE. RESPOSTA DO BLOG.


Novamente o pastor Silas Malafaia volta a replicar aos seus críticos em seu programa de TV que há uma falsa acusação dele ser um herege. Está correto, é o seu direito de resposta. Todavia, quando ele fala neste novo vídeo postado num site de notícias AQUI que herege é todo aquele que nega as doutrinas fundamentais da Palavra, como a Trindade, Jesus como único e suficiente salvador, a inerrância da Bíblia e a salvação pela fé, e diz que nunca pregou contra essas coisas, ele olha apenas a grosso o modo o significado da palavra "herege". Pois quando fazemos uma exegese bíblica da passagem de Tito 3.10 não é bem isso que encontramos no texto. Numa tradução da Bíblia diz assim: “Evita o homem faccioso, depois de admoestá-lo primeira e segunda vez,” (Tito 3:10 ARA). A palavra "faccioso" é tradução do NT grego, onde no Textus Receptus aparece como "hairetikon". Ela vem do grego "hairetikos", que quer dizer: "1) preparado ou capaz de tomar ou escolher algo. 2) cismático, faccioso, seguidor de uma doutrina falsa. 3) herético". (Léxico de Strong). Observe que na definição 2 temos a frase "seguidor de uma doutrina falsa". Ora, a teologia da prosperidade é ou não uma doutrina falsa? Então não é herege somente quem questiona as doutrinas essenciais da fé cristã, onde algumas foram citadas por ele. Na definição 3 do referido léxico grego, temos a palavra "herético", que, segundo dicionário consultado aqui quer dizer: "Ref. ao que contém heresia". Onde o mesmo, sugere consultar "herege". Que, conforme consultado, quer dizer: "Pessoa que professa ou sustenta alguma heresia". Veja bem, vamos pontuar o que é uma heresia? Retirando do meu breve estudo em slides sobre heresiologia, temos:

segunda-feira, 27 de março de 2017

SOLIDARIZANDO-SE COM DEFESA DO EVANGELHO E VOLTEMOS AO EVANGELHO

Venho aqui demostrar publicamente o meu total apoio aos pastores Paulo Junior e Paul Whasher frente as críticas apresentadas por aqueles que se deixam levar por uma homilética com cunho de: prosperidade, auto-ajuda, psicologia, vãs filosofias, antropocentrismos, hedonismos, humanismos e narcisismos.

Declaro meu total apoio aos ministérios:


MALAFAIA E O SEU ARGUMENTUM AD HOMINEM



Ao invés de responder dentro do contexto da admoestação da pregação do pastor Paulo Junior. Silas Malafaia se agarra com a teologia pentecostal para colocar os pentecostais contra o referido pregador que profeticamente denuncia o neopentecostalismo em sua pregação no YouTube onde Silas Malafaia foi citado em conjunto com outros propagadores da teologia da prosperidade. Heresia amplamente refutada aqui no blog, tipo: OBJEÇÕES BÍBLICAS AO NEOPENTECOSTALISMO 

terça-feira, 14 de março de 2017

SILAS MALAFAIA X PAULO JUNIOR.



Não sei em que parte se enquadra mais o Malafaia, se é "enganador que engana" ou "aquele que engana porque está enganado". Deus sabe!

Veja continuação do conflito em MALAFAIA E O ARGUMENTUM AD HOMINEM


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.