terça-feira, 23 de dezembro de 2014

SOLA SCRIPTURA (somente a Escritura)



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

RESPOSTA A SÉRIE FANTÁSTICO: JORNADA DA VIDA





Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

EDIR MACEDO E SILAS MALAFAIA SÃO DA MAÇONARIA?


Bom, é o que diz no site de notícia gospel. Segue abaixo a compilação do texto postado no site:

O nome do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus foi incluído em uma lista polêmica. Criada pela Loja Maçônica Mestre Chico Abílio (número 4246), do Estado do Piauí, o título da relação é “110 Maçons Ilustres do Grande Oriente do Brasil” e foi publicada no site da Loja.

Inconformado, o bispo Macedo pediu que seus advogados agissem. Ele afirma que “não é e nunca foi maçom”. Através de uma Notificação Extrajudicial, a Universal exigiu que o nome de Edir fosse retirado da lista. O portal Gospel Prime verificou que a loja maçônica não retirou a postagem do ar, nem publicou uma retratação.

O Departamento de Comunicação Social da Universal (UNIcom) usou o site oficial da igreja para mostrar que a inclusão do nome de Macedo “causa danos à sua imagem e honra perante seus fiéis, diante da incompatibilidade das filosofias pregadas” pela sua Igreja e a Maçonaria.

O nome de Edir Macedo aparecia em 27º lugar, enquanto o do pastor Silas Malafaia está em 99º. A lista segue uma ordem alfabética, não de importância. Existem dezenas de políticos, intelectuais e personalidades históricas no rol. Muitos já são falecidos. A lista foi compilada por Sebastião Wagner Pereira Alves, venerável [líder] da loja Chico Abílio, que credita como suas fontes de sua pesquisa “jornais, revistas e sites da internet”.

Até o momento o pastor Silas Malafaia não se manifestou publicamente sobre o assunto.

Fonte. Gospel Prime

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br

Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

PROPOSTAS DE REFORMAS DA IGREJA INSTITUCIONAL - PARTE FINAL



Trechos de minha monografia sobre os "Desigrejados":

Não se pode ficar inerte e alheio à derrocada da instituição cristã. As Escrituras dizem: “Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano”. (1Pe.2.13). Ora, se a Palavra orienta a sujeitar a autoridade ou instituição “humana” quanto mais à instituição criada, organizada e utilizada pela igreja orgânica. A igreja de Cristo na terra, em suas congregações, deve buscar se renovar. Buscar uma reforma em seu funcionamento focando-se mais na Palavra de Deus e em suas doutrinas, minimizando mais os seus dogmas. Enfim, é necessária e urgente a reflexão séria na busca de ideias que devam ser implementadas como uma “luz no fim do túnel” para a sofrida igreja cristã:

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

SOLA FIDE (somente a fé)
















“Reafirmamos que a justificação é somente pela graça, somente por intermédio da fé e somente por causa de Cristo. Na justificação a retidão de Cristo nos é imputada como único meio possível de satisfazer a perfeita justiça de Deus. Negamos que a justificação se baseie em qualquer mérito que em nós possa ser achado, ou com base numa infusão da justiça de Cristo em nós; ou que uma instituição que reivindique ser Igreja, mas negue ou condene o princípio da sola fide, possa ser reconhecida como Igreja legítima”.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

PROPOSTAS DE REFORMA DA IGREJA INSTITUCIONAL - PARTE III














Trechos de minha monografia:

Por um fim a disputa denominacional 
“A maioria das igrejas cresce por competição e não pela evangelização e, com isso, o Reino de Deus não cresce. Só se muda o peixe de aquário”. (ROMEIRO, 2014). Esta frase tão contemporânea e cada vez se aplica a mais igrejas. Muitos líderes evangélicos hoje não querem mais ganhar vidas para Cristo. Querem membros. E, se possível, já batizados e dizimistas constantes. A igreja caiu no mundo indecoroso do proselitismo. Vive-se uma era de disputa entre líderes evangélicos. A luta não é contra o reino das trevas, o mal ou o mundo, o proselitismo ofusca essa visão em muitos líderes religiosos. 

Se há o desejo de uma reforma na instituição religiosa, tem que se resgatar o amor e compaixão pelas vidas não convertidas, não cristãs. Deixar de assediar membros pertencentes a outras igrejas e praticar o evangelismo genuíno: proclamar o evangelho de Cristo ao ímpio. 

Consequentemente com sua conversão, discipular e batizar esse novo cristão. É interessante realizar uma análise da origem dos membros. Contabiliza-se quantas vidas foram batizadas em determinada denominação desde os primeiros anos de sua fundação e depois observa-se quantos membros existem nessa instituição hoje. Se o número de membros for superior aos que foram batizados, estes são membros oriundos de outras denominações.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

PORQUE NÃO EVANGELIZAMOS?













Leituras bíblicas iniciais: Romanos 10.14,15; Marcos 16.15; 2Timóteo 4.2.

Cada dia temos percebido que evangelizar vem sendo uma prática escassa nas igrejas cristãs. Mas, a que fato deve isso? O que tem acontecido com a igreja de uns tempos pra cá que tal mandato de Cristo vem sendo protelado e até mesmo esquecido por muitos evangélicos?

Vou numerar aqui alguns motivos que consigo ver na vida da igreja atual:

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

TRISTE REALIDADE:


Quanto mais tentamos esclarecer o público evangélico mais os caras pegam pesado. Aff!

Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

AO DEUS DESCONHECIDO













Uma exposição crítica contra o agnosticismo (compilação da revista Defesa da Fé, n.78).

“porque, passando eu e vendo os vossos santuários, achei também um altar em que estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais não o conhecendo é o que eu vos anuncio”. At.17.23

Será possível conhecer Deus?

sábado, 11 de outubro de 2014

Por que existe a Teologia da Prosperidade?














Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sábado, 4 de outubro de 2014

PT - UMA AMEAÇA A DEMOCRACIA


Artigo compilado do site Gospel Prime: "Economista alerta que a reeleição de Dilma ameaça a democracia".

Em entrevista ao Gospel Prime, o economista e pensador liberal Rodrigo Constantino declara que a reeleição de Dilma Rousseff representaria um “risco para a democracia” e a “continuação da decadência de valores” promovida pelo atual governo.

Presidente do Instituto Liberal, Rodrigo Constantino atua no setor financeiro desde 1997 e é colunista de importantes meios de comunicação como a revista Veja e o jornal carioca O Globo. Ele é conhecido por suas críticas ácidas ao PT e à esquerda em geral.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

PROPOSTAS DE REFORMA DA IGREJA INSTITUCIONAL - PARTE II

Trechos de minha monografia sobre os desigrejados:

Voltar ao evangelho puro e simples

O evangelho tornou-se impuro tal e qual o evangelho do catolicismo romano. Impuro porque seus valores foram soterrados por muitos pensamentos pagãos e mundanos. E também complicado, porque a igreja evangélica adicionou vários dogmas que sufocam a fé.

O que muitos desses “desigrejados” estão fazendo é na verdade um “nado” para cima em buscar de ar em meio a um oceano de invencionices humanas dentro da instituição. Cheias de ganância, interesses pessoais, heresias, ciúmes, autocracia, tática comercial e até insanidade mental. A proposta de muitos remanescentes da igreja institucional é voltar ao evangelho puro e simples de Jesus. E para isso:

sábado, 27 de setembro de 2014

A FIGURA DE MARIA - UMA RESPOSTA AOS CATÓLICOS ROMANOS



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

APÓSTOLOS

É o fim da heresia apostólica. Com certeza será uma boa e bem vinda refutação ao movimento apostólico herético brasileiro e norte americano.



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br

Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sábado, 6 de setembro de 2014

A IGNORÂNCIA DA IGREJA



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

PROPOSTAS DE REFORMA PARA A IGREJA INSTITUCIONAL - PARTE 1



Esse texto é parte de minha monografia intitulada: "Desigrejados", da faculdade de bacharel em teologia que conclui. Deixo aqui uma das várias propostas tendo em vista a redenção da igreja institucional.

A famosa contagem do IBGE, censo de 2010, consta aproximadamente 42 milhões de evangélicos. Entretanto, consta-se que quase 13 milhões desse grupo consideram-se não pertencer a denominação alguma.

Enfim, o problema é grave, e trago nessa postagem apenas uma das várias mudanças ou reformas necessárias para que a igreja institucional venha a sobreviver. Felizes os líderes que levarem a sério esse meu texto.

sábado, 30 de agosto de 2014

Unção do riso, cair no poder de Deus e reteté: o recado de David Wilkerson!


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Culto, ou Show? O recado de Charles Spurgeon


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A DOUTRINA DA SANTIFICAÇÃO E AS AMEAÇAS DA TEOLOGIA CONTEMPORÂNEA


1.O CERNE DA DOUTRINA DA SANTIFICAÇÃO

O que se sabe da teologia sistemática é que na doutrina da salvação consta também a doutrina da santificação. Isso porque é um assunto correlato, assim como também a doutrina da regeneração e justificação. Chama-se de “experiência da salvação”. Aquilo que acontece com o cristão convertido.

A doutrina da santificação é uma das mais belas obras divina quando alguém é alcançado pela graça salvadora. É a santificação que vai trazer ao pecador arrependido a purificação de seus pecados cometidos durante sua vida pregressa. Trazendo-lhe a possibilidade de poder desfrutar da santidade de Deus, preparando e tratando de seu ser até o dia de sua partida desta vida ou até a vinda de Cristo. A Bíblia diz: “porque, por meio de um único sacrifício, ele aperfeiçoou para sempre os que estão sendo santificados”. (Hb. 10.14 NVI). E também: “aos chamados, santificados em Deus Pai, e conservados por Jesus Cristo”. (Jd.1.1b ARC). Ainda: “Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus”. (Fp.1.6 ARA). Por fim: “E a paz de Deus, que ultrapassa todo entendimento, guardará o vosso coração e os vossos pensamentos em Cristo Jesus”. (idem 4.7 KJA).

sábado, 26 de julho de 2014

SAÍDA DE EX-MEMBRO DA IGREJA LOCAL DE DONG YU LAN

Primeiramente gostaria de deixar claro que eu desejava fazer um Estudo acadêmico e melhor referenciado, porém eu não disponho de tempo para tal. Quem sabe, no futuro, eu possa fazer e compartilhar com os amigos.

Assim, premido pelo compromisso de minha declaração no Facebook acerca deste assunto, vou tentar, dentro de minhas forças, apresentar algo sobre estes sistemas religiosos que induzem ao erro, os quais eu tive contato direto ao longo de mais de 20 anos.

terça-feira, 1 de julho de 2014

IMORTALIDADE DA ALMA E RESSURREIÇÃO


Deixo-vos abaixo a cópia de minha apostila do ensino que dei na 1a Conferência sobre a Vinda de Cristo realizada na congregação em que faço parte. Deixo esse material a disposição dos acadêmicos, apologistas e demais religiosos para produto de citação e estudos. Tenham bom proveito.

terça-feira, 3 de junho de 2014

MONARQUIANISMO E O PROBLEMA TRINITÁRIO



O monarquianismo tem a sua origem da controvérsia trinitariana entre os bispos Ário e Atanásio e da confusão teológica que havia na Igreja para definir didaticamente a doutrina da Trindade. O bispo Ário negava a divindade de Jesus, já Atanásio defendia. Mas, ele ganha força e nome com um bispo da Igreja chamado Sabélio, que negava a doutrina da Trindade explanada por Tertuliano. O cognome mais primitivo do monarquianismo atribuísse a Sebélio, formulando-se “sabelianismo”. Sabélio opôs-se ao ensino ortodoxo da Trindade Essencial, defendendo a doutrina da Trindade Econômica. Deus, disse Sabélio, teria uma substância indivisível, mas dividido em três atividades fundamentais, ou modos, manifestando-se sucessivamente como o Pai (criador e legislador), Filho (o redentor), e o Espírito Santo (o criador da vida, e a divina presença no homem). Efetivamente Sabélio negava "qualquer distinção entre os termos substância (ousía) e hipóstase (hypóstasis) aplicáveis às três pessoas na trindade, de tal modo que, entre elas, não existiria nenhuma diferença, uma vez que são perfeitamente iguais. A sua fama iniciou-se quando foi para Roma, tornando-se líder daqueles que aceitaram a doutrina do monarquianismo modalista. Foi excomungado pelo Papa Calixto I em 220.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

O que deve ser cantado na congregação?



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

O EVANGÉLICO SABOR DE MEL












Sua vida gira em torno de uma busca frenética por vitórias, campanhas de conquistas, por sentir algo de Deus. É produto midiático de pastores virtuais da TV e rádio. Suas orações não constam a frase "seja feita a tua vontade". Sua fé é baseada em frases prontas e sem qualquer conhecimento de causa. Apenas resultado de efeitos produzidos por teologias modernas e nada ortodoxas. Sua contribuição financeira em sua congregação é dada não com base na generosidade, gratidão ou fé. Mas, no anseio da barganha divina por estar dando dízimo ou oferta. Suas canções prediletas são aquelas pautadas na motivação, autoestima e triunfalismo. Não evangeliza ninguém, sua prática de evangelização consiste em flagrante proselitismo. Conhece superficialmente a mensagem do evangelho, desconhece totalmente os cinco pontos da reforma protestante. Discipular alguém nem passa por sua lembrança. Sua visão de igreja consiste meramente no prédio onde tem uma placa denominacional. Toda a responsabilidade de ser igreja é centrada na figura pastoral que é vista como “sacerdote” do Antigo Testamento em detrimento do: “consolar uns aos outros”, “amar uns aos outros”, “edificar uns aos outros”, “admoestar uns aos outros”, “honrar uns aos outros”, “servir uns aos outros”, “suportar uns aos outros”. Não tem maturidade se quer para discernir entre o bem e o mal. Precisa de uma listinha do que pode e não pode fazer publicada pelo vidente idolatrado do monte. Quem sabe você que ler esse texto, com muita má vontade (por ser fortemente pragmático), não seja esse tipo de evangélico?


Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

sábado, 1 de março de 2014

Reflexiva ou Relativista?


Geralmente ouvimos no meio evangélico que as denominações cristãs devem ser “reflexivas”. Mas afinal de contas o que quer dizer isso? Será que as pessoas sabem ao menos o que é ser “reflexivo”? Das diversas definições do dicionário, acho que a mais provável seja a da raiz “refletir”: “Pensar maduramente; meditar, reflexionar”.

Quando se tem a proposta de ser uma denominação cristã reflexiva, acredita-se que essa denominação quer pensar maduramente sobre os assuntos, meditar, ponderar as questões relacionadas a fé, religião ou doutrina. Entretanto, até que ponto chegará esse “pensar maduramente” quando estiver diante de doutrinas bíblicas universais e ortodoxas? Essa “reflexão” busca o quê? Busca transformar as verdades absolutas em relativas? Busca emergir um novo conceito sobre o conceito? Isso não é reflexão cristã! Isso é “Relativismo”. Por baixo, se definiria como incredulidade. Onde o “ponderar” é substituído sob o efeito da ambigüidade de “duvidar”. Olhando dessa ótica, Tomé era “reflexivo”. Quando lhe falaram que Cristo havia ressuscitado dentre os mortos. Ele agiu como os “maduros” da atualidade. A sua “reflexão” foi a seguinte: “Se eu não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, e ali não puser o dedo, e não puser a mão no seu lado, de modo algum acreditarei”. (Jo.20.25).

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

CAIR NO ESPÍRITO É BÍBLICO?



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

VÍDEO NOTÍCIA: O que estão fazendo com o louvor? Paulo Junior



Dúvidas e esclarecimentos escreva para: web-assessoria@bol.com.br
Direito de resposta: coloque abaixo seu comentário e aguarde a liberação do moderador do blog.